Blog Dicas, tendências
e muitas novidades

Por
Em Dicas 18/02/2016

Inovação: HSI aplica técnicas avançadas em estabilização de solo

A rápida expansão da construção civil em Goiânia, aliada a novos conceitos arquitetônicos, exige, cada vez mais, a edificação de prédios mais altos. Com o maior número de pavimentos, os projetos são elaborados com pilares centrais mais próximos entre si e com elevadas cargas na fundação.

Essa nova tendência de construção residencial exige ainda mais atenção dos incorporadores com as fundações dos edifícios. Para a HSI Incorporadora, a segurança e a garantia da qualidade de seus empreendimentos são prioridades.

Por isso, o arrojado projeto do DreamLife Residence está sendo executado com as técnicas de contenção e fundação mais seguras e inovadoras do mercado.

Com 32 pavimentos, o empreendimento exigiu uma contenção mais profunda, visto que as escavações para os subsolos atingiram 8 metros de profundidade. O engenheiro civil Hoover Van Newton Paolucci, da Engesol, empresa responsável pela contenção e fundação do DreamLife, explica porque a moderna técnica de estacas justapostas escavadas de concreto foi escolhida. “Elas permitem elevada estabilidade do solo e garantem maior segurança dos operários durante a etapa de fundação e da própria edificação da estrutura do prédio”.

O engenheiro afirma, ainda, que outra vantagem é “a ausência de vibração, permitindo a execução sem danos às construções vizinhas, preocupação que a HSI sempre teve em seus projetos”.

Em seguida à contenção, foi realizada a fundação da obra. No DreamLife, a HSI optou pelas estacas hélice contínua, que surgiram em 1950, nos Estados Unidos, mas só chegaram ao Brasil recentemente. A técnica permite a projeção de pilares próximos entre si com uma única fundação, evitando sobreposições das fundações.

Além disso, segundo o engenheiro Hoover Paolucci, as vantagens das estacas são a possibilidade de se atingir grandes profundidades, a garantia de segurança para os operários, já que elimina os riscos de desmoronamento, e a possibilidade de controle de qualidade informatizado de todo o processo de execução, desde a escavação da estaca até a sua concretagem final.

A execução é monitorada por meio de um sistema computadorizado que obtêm dados de profundidade, tempo, inclinação da torre, velocidade de penetração do trado, velocidade de rotação do trado, torque, velocidade de retirada (extração) da hélice, velocidade de concretagem, volume de concreto lançado e pressão do concreto, sendo este o ponto mais importante e que realmente vai garantir a qualidade da fundação.

Nesta etapa o grande desafio foi conseguir estabilizar o solo para permitir o deslocamento das grandes escavadeiras. Devido ao grande volume de chuvas, às dimensões reduzidas do terreno e à proximidade com o lençol freático, era preciso desenvolver ações que estabilizassem o solo sem causar interferência no lençol freático. A solução foi a utilização de colchões drenantes da Maccaferri, com areia, brita e, em alguns casos, a utilização de gel.

O DreamLife será entregue pela HSI Incorporadora em dezembro de 2011.

Deixe um comentário

2018 © HSI Incorporadora. Todos os direitos reservados.